h1

Época 1973/74: Terceira Divisão

Abril 21, 2007

Série A:

Paços de Ferreira. . .36 22 12  2 73-22  56
Régua. . . . . . . . .36 24  8  4 71-26  56
Avintes. . . . . . . .36 20  6 10 65-40  46
Freamunde. . . . . . .36 18  9  9 69-44  45
Vila Real. . . . . . .36 17  9 10 49-38  43
Vianense . . . . . . .36 17  8 11 59-37  42
Rio Ave. . . . . . . .36 14 11 11 48-46  39
Esposende. . . . . . .36 15  7 14 65-59  37
Leça . . . . . . . . .36 14  9 13 53-47  37
Monção . . . . . . . .36 12 11 13 35-39  35
Lamego . . . . . . . .36 11 12 13 44-36  34
Paços de Brandão . . .36 13  7 16 52-55  33
Limianos . . . . . . .36 11 10 15 37-36  32
Vizela . . . . . . . .36 11  9 16 49-63  31
Bragança . . . . . . .36  9 11 16 29-56  29
Vieira . . . . . . . .36 12  5 19 42-55  29
Valpaços . . . . . . .36  9 10 17 39-56  28
São Pedro da Cova. . .36  8  4 24 31-79  20
Vila Pouca . . . . . .36  4  4 28 29-105 12
Moncorvo . . . . . . .Desistiu

Série B:

Alba . . . . . . . . .38 24  9  5 79-26  57
Covilhã. . . . . . . .38 24  7  7 76-31  55
Naval. . . . . . . . .38 20  9  9 60-29  49
Cucujães . . . . . . .38 21  6 11 68-40  48
Ovarense . . . . . . .38 18 11  9 65-48  47
Anadia . . . . . . . .38 17 12  9 54-35  46
Mangualde. . . . . . .38 16 12 10 76-60  44
Oliveira do Bairro . .38 16 10 12 58-46  42
Marialvas. . . . . . .38 14 12 12 51-43  40
Ala Arriba . . . . . .38 15  8 15 53-48  38
Acad. Viseu. . . . . .38 15  7 16 58-49  37
Febres . . . . . . . .38 13 11 14 41-44  37
Valecambrense. . . . .38 12 13 13 47-45  37
Penalva. . . . . . . .38 11 14 13 68-52  36
Guarda . . . . . . . .38 14  5 19 51-61  33
Lousanense . . . . . .38 10 12 16 42-61  32
Mortágua . . . . . . .38 11  5 22 36-78  27
Tabuense . . . . . . .38  8 10 20 47-71  26
Covilhã e Benfica. . .38  7  5 26 34-109 19
Vilar Formoso. . . . .38  2  6 30 31-119 10

Série C:

Est. Portalegre. . . .38 24  6  8 90-33  54
U. Almeirim. . . . . .38 22  8  8 75-31  52
Marrazes . . . . . . .38 20 10  8 75-45  50
Vilafranquense . . . .38 18 10 10 52-40  46
U. Santarém. . . . . .38 16 13  9 51-41  45
Cartaxo. . . . . . . .38 19  6 13 66-44  44
Bombarralense. . . . .38 16 10 12 58-55  42
Alcobaça . . . . . . .38 15 11 12 58-43  41
Sporting Pombal. . . .38 13 13 12 55-47  39
Alverca. . . . . . . .38 14 11 13 50-46  39
Portalegrense. . . . .38 14 11 13 38-33  39
Campomaiorense . . . .38 13 11 14 50-52  37
O Elvas. . . . . . . .38 12 13 13 47-44  37
Nazarenos. . . . . . .38 15  5 18 56-64  35
SL Olivais . . . . . .38 12  9 17 50-53  33
Povoense . . . . . . .38 12  9 17 34-66  33
D. Castelo Branco. . .38 10 11 17 35-48  31
Amiense. . . . . . . .38 10  7 21 38-74  27
Alferarrede. . . . . .38  7  8 23 38-83  22
Calipolense. . . . . .38  4  6 28 21-95  14

Série D:

Estoril. . . . . . . .34 23  5  6 67-20  51
Juv. Évora . . . . . .34 21  8  5 72-35  50
Esperança Lagos. . . .34 18  6 10 56-35  42
Costa da Caparica. . .34 15 10  9 50-35  40
Casa Pia . . . . . . .34 12 13  9 47-34  37
Seixal . . . . . . . .34 13 11 10 35-32  37
Amora. . . . . . . . .34 15  7 12 58-56  37
Lusitano VRSA. . . . .34 13  8 13 36-39  34
Vasco da Gama. . . . .34 13  8 13 43-41  34
Alcochetense . . . . .34 12 10 12 34-37  34
Aljustrelense. . . . .34 11 11 12 32-32  33
Silves . . . . . . . .34 11  8 15 39-56  30
Paio Pires . . . . . .34  8 13 13 30-45  29
Sambrasense. . . . . .34 11  7 16 40-45  29
D. Beja. . . . . . . .34 11  7 16 41-49  29
Luso . . . . . . . . .34 11  7 16 25-41  29
Moura. . . . . . . . .34 10  7 17 40-67  27
Vendas Novas . . . . .34  2  6 26 24-70  10
Moncarapachense. . . .Desistiu
Sarilhense . . . . . .Desistiu

Apuramento do Campeão:

Alba: 1 Paços de Ferreira: 0.
Paços de Ferreira: 3 Alba: 1.

Estoril: 1 Est. Portalegre: 2.
Est. Portalegre: 1 Estoril: 1.

PAÇOS DE FERREIRA: 2 Est. Portalegre: 1.

30 comentários

  1. não houve luigillas em 73-74?


  2. Houve, claro.
    Mas, como é meu costume, deixei as classificações no resumo da Segunda Divisão.


  3. Arquivista:
    Há um erro na classificação da Série A, o 16º classificado não é o Vieirense ( o clube com esse nome pertence à A.F.Leiria ), mas sim o Vieira, clube da A.F.Braga.


  4. Caro arquivista, verifiquei que existe uma situação estranha entre o Povoense e o Desportivo Castelo Branco na Série C, pois o Povoense ficou à frente da equipa albicastrense, logo e pela lógica o Desportivo Castelo Branco deveria ter sido despromovido aos distritais. Tal facto não aconteceu, uma vez que quem participa na III Divisão na época de 1974-1975 é o Desportivo e não o Povoense!
    O que aconteceu? O Povoense desistiu? O Povoense foi punido por alguma irregularidade? Esta classificação está homologada pela FPF? Trata-se de uma situação realmente estranha…infelizmente, bem típica do nosso futebol!
    Será que alguém sabe o que se passou?

    Obrigado e continuação de bom trabalho.


  5. Porque é que não deixou aqui os golos marcados e os golos sofridos, bem como, em 1975-76. Assim, não posso confirmar se os dados que tenho são correctos.


  6. Espero que isto fique claro: neste blogue, não preciso de apresentar justificações a ninguém.


  7. Gostaria de saber se alguém me podia dar algumas indicações sobre o União Desportiva e Recreativa Sambrazense.
    Sei que foi um clube formado em 1970, no dia 10 de Junho.
    E penso que resultou da fusão de vários clubes.
    Na década de 50 aparecem na 3ª divisão 2 clubes de S. Brás de Alportel. Será que foram estes que se fundiram e formaram a UDR Sambrazense?????


  8. Em são Bras de Alportel existiram 3 clubes que não sei as datas da sua fundação:
    1º – CD São Brás, participou na 3ª Divisão em 56/57,57/58,58/59,59/60.
    2º – Unidos Sambrasense, participou na 3ª Divisão em 57/58,59/60 e 60/61 ?(esta tenho uma duvida não sei se é Sambrasense ou São Bras)
    3º – 1º Dezembro, nunca participou nos nacionais.
    No dia 10 de Junho de 1970 fundiram-se os tres clubes e nasce o actual UDR Sambrasense.

    Francisco Tavares


  9. Obrigado desde já pelo esclarecimento sobre o UDR Sambrazense.
    Relativamente às dúvidas levantadas e consultando os jornais A Bola e Record da época, eu tenho que o Unidos Sambrazense esteve presente em 5 ocasiões na III Divisão (de 1956-60 a 1960-61).
    O CD São Brás apenas participou por 2 vezes nas III Divisão, nas épocas de 1957-58 e 1959-60.


  10. A 18 e 19 de Setembro de 1973, após a inauguração da iluminação artificial do Estádio Municipal de Elvas, um grupo de 5 pessoas formadas por Ernesto ALves e Almeida, João Carpinteiro, Januário Jantarão, António Massano Simões e António Vinagre que formaram uma Comissão EXecutiva, decidiram organizar o Troféu ALentejano – Prova que se disputaria por alturas das Festas da Cidade . Esta prova premiaria segundo os regulamentos a equipa que vencesse o Troféu por 3 vezes consecutivas ou 5 alternadas, recebendo aí a gigantesca Taça de vencedor.. Em cada edição a equipa vencedora receberia uma réplica em menores dimensões da gigantesca Taça que era a original do Troféu.
    Assim a 17 e 18 de Setembro de 1973, reuniram-se no Municipal de Elvas para a 1ª edição do Troféu as equipas do O Elvas, Campomaiorense, Portalegrense e União de Montemor. Vejamos ano a ano como decorreu o Torneio.

    1973
    Un. Montemor – 1 – Portalegrense, 1
    Campomaiorense, 2 – O Elvas, 1
    Final
    União de Montemor, 3 – Campomaiorense, 2

    1974
    O Elvas, 3 – Atl. Reguengos, 1
    Estrela de Portalegre, 4 – União de Montemor, 1
    Final
    Estrela de Portalegre, 2 – O Elvas, 1

    1975
    O Elvas, 1 – Os Elvenses, 0
    Estrela de Portalegre, 4 – Lusitano de Évora, 1
    Final
    O Elvas, 1 – Estrela de Portalegre, 0

    1976
    O Elvas, 3 – Atlético de Reguengos, 1
    Estrela de Portalegre, 4 – Campomaiorense, 2
    Final
    Estrela de Portalegre, 2 – O Elvas, 0

    1977
    Portalegrense, 1 – O Elvas, 3
    Juventude de Évora, 3 – Campomaiorense, 2
    Final
    Juventude de Évora, 2 – O Elvas, 1

    1978
    O Elvas, 3 – Campomaiorense, 2
    Est.Portalegre, 4 – Desdp. Beja, 2
    Final
    O Elvas, 2 – Estrela de Portalegre, 0

    1979
    O Elvas, 1 – Borbense, 0
    Portalegrense, 3 – Lusitano de Évora, 1
    Final
    O Elvas, 1 – Portalegrense, 0

    Com a vitória obtida em 1979 e duas vitórias consecutivas no Torneio, o Elvas estava à beira de vencer o Torneio e foram com naturais expectativas que se esperava a edição do ano seguinte.

    Assim a 17 e 18 de Setembro de 1980, reuniram-se em Elvas as equipas de O Elvas, Portalegrense, Atlético de Reguengos e União de Montemor.

    1980
    O Elvas, 3 – Atl. Reguengos, 1
    Portalegrense, 3 – União de Montemor, 1

    Finaç
    O Elvas, 2 – Portalegrense, 0

    Foi com natural regozijo que adeptos, dirigentes e jogadores de O Elvas celebraram a vitória no Torneio, sendo que a Comissão Executiva viria a entregar a giganteca Taça do Troféu Alentejano à equipa de O Elvas (3 vezes vencedora consecutiva – 1978, 1979 e 1980).
    Outros vencedores: 1973 – 1 ª edição – Un.Montemor
    1974 – Estrela de Portalegre; 1975 – O Elvas – 1976 – Estrela de Portalegre e 1977 – Juventude de Évora.


  11. Caeiro,
    era fixe era saber a constituição das equipas…


  12. Entretanto e após a realização do Troféu Alentejano, veio a realizar-se a TAÇA CIDADE DE ELVAS, com os seguintes jogos:

    1981
    O Elvas – 0 – Benfica – 2
    Neste jogo o Benfica jogou com Botelho; Carlos Pereira, Frederico, Alberto Bastos Lopes e Alberto, Shéu, José Luis, Paulo Campos e Padinha, César e Jorge Gomes. Substituições: César substituido por Folha e Padinha substituido por Reinaldo.
    Não utilizados: Jorge Martins, Laranjeira e Araujo.
    Golos de Folha e José Luis.
    Estádio cheio altura das festas da cidade, o Benfica mesmo sem muitos dos seus habituais titulares venceu o jogo com justica, com boa réplica dos alentejanos.


  13. Em 1982 –
    O Elvas, 2 – Amora F.C., 0
    O Elvas – Tozé II; João, Alcino, Tozé I, Ribeiro, Canan, Edmilson, Libânio e Mosca (Luis Alberto), Henry e Arnaldo José.
    Amora F.C. – Botelho; João António, Alfredo, Babalito e Nico, Jaime, Valter (Amadeu), Ribeiro e Alberto (Baltasar), José Rafael e Caio Cambalhota.
    Ao Intervalo: 0-0
    Golos: 1-0 – Arnaldo José – 63min; 2-0 – Edmilson – 78 min.
    Contra uma equipa da 1ª divisão o Elvas rubricou uma boa exibição defronte um adversário em fase de preparação para aquela que viria a ser a sua última época no escalão primodivisionário.


  14. Caeiro
    sabes ,por acaso,as linhas do Atlético de Reguengos e Portalegrense desses Torneios?


  15. Boa tarde, alguém sabe alguma coisa sobre a possível fusão entre o Lusitano e o Juventude de Évora?

    Li isso hoje, mas não sei se há alguma coisa oficial, nem de quando era a informação publicada sobre a existência dessa possibilidade, não consegui perceber a data.

    Abraços,

    Carlos Bonaparte


  16. boa noite, alguém me poderia disponibilizar os resultados do régua nesta época? cumprimentos e obrigado


  17. Totobola – da Época de 1973 – 1974 – Taça de Portugal
    Lamego – Gouveia – 1 – Famalicão – Espinho – 1 – Avintes – Varzim – 2 – Oliveirense – Braga – 1 – Vianense – Fafe – 1 – Ovarense – Paços de Ferreira – 1 – Atlético – União de Leiria – 1 – Juventude de Évora – Sintrense – X – Estrela de Vendas Novas – Portimonense – 2 – Esperança de Lagos – Tramagal – X – Sintrense – Torreense – X – Marítimo – Marinhense – 1 e Portalegrense – União de Miontemor – 1


  18. Concurso Extraordinário da Época – 1973/74 – Taças Europeias –
    Celtic – Base – 1 – Atlético de Madrid – Estrela Vermelha – 2 – Újpest – Spartak – 1 – Cska Sofia – Bayern Munique – 2 – Zurique – Sporting – 2 – Salonica – Milão – 2 – Saragoça – Magdeburgo – X – B.Moenchengladabach – Glentoran – X – V.Setúbal – Estugarda – X – L.Leipzig – Ipswich – 2 – Tottenham – Colonia – 1 e Feyenoord – Ruch Chorzow – 1


  19. Atenção

    Mondarapachense encontrava-se a disputar a AF Faro pq desceu na época anterior e não se encontrava na III (desistiu).

    Relativamente ao sarilhense, tenho uma dúvida que gostaria que fosse esclarecido:
    na época anterior 72-73, quem disputava a AF setubal foi o Juventude sarilhense (que foi 1º), mas na epoca 73-74, encontra-se como desistente na III. No entanto encontra-se um sarilhense (será o 1ºmaio que subiria da II?) na AF setubal. em que ficamos?

    este assunto já foi aki abordado. Sei que o Juv sarilhense nunca disputou um nacional, mas no entanto teve uma oportunidade nesta época mas desistiu…porquê?

    e quem é o sarilhense que se encontra nesta época a disputar a AF setubal (será o 1ºMaio sarilhense, que esse sim viria a subir até à II divisão)?

    obrigado


  20. para o comentário do amigo xuta1969 de 11 maio.

    efectivamente existe o ID vieirense da AF Leiria, e eu tb acho que o clube da série A da III é o Vieira (minho), mas é engraçado que nos jornais da época aparece sempre durante toda a época o Vieirense e não vieira…mas creio que é o mesmo.

    abraço


  21. jogo curioso:

    Sporting Covilhã – Covilhã e Benfica 1-0, seria talvez o último jogo entre as duas equipas da covilhã


  22. Mais uma vez publico:
    1953/54 Zona C – 6 1 1º Maio Sarilhense
    1954/55 Zona C – 6 6 1º Maio Sarilhense
    1965/66 Zona D – 7 6 1º Maio Sarilhense
    1966/67 Zona D – 7 2 1º Maio Sarilhense
    1967/68 Zona D – 7 5 1º Maio Sarilhense
    1968/69 Zona D 12 1º Maio Sarilhense
    1969/70 Zona D Eliminado 1º Maio Sarilhense
    1973/74 Zona D 20 1º Maio Sarilhense
    1977/78 Zona F Meia-Final 1º Maio Sarilhense
    1979/80 Zona F 16 1º Maio Sarilhense


  23. Olá a todos!

    Gugu:
    Não.
    Existem 2 clubes com um nome bastante idêntico: o ID Vieirense e o GD Praia da Vieira.
    Só não sei a data de fundação deste, mas ainda hoje participa nos campeonatos distritais da AF de Leiria, onde aliás, também se encontra o ID Vieirense.

    Aproveito e informo os arquivistas que tenho colocado imensas classificações de épocas anteriores lá no site, mas como têm sido bastantes e, mais uma vez, não sei fazer tabelas aqui… não tenho colocado
    Mas tem lá mesmo muita coisa, podem dar uma saltada por lá…

    Abraços!


  24. Boas
    Alguém sabe o nome completo e data de nascimento do avançado JARUGA (Farense-62/63,Lusitano-63/64)??


  25. VIEIRA SPORT CLUBE (Braga)
    INDUSTRIAL DESPORTIVO VIEIRENSE (Leiria)

    O clube da série A era o VIEIRA SC erradamente chamado de Vieirense, naquela altura.


  26. Zenabola,

    poderia arranjar-me o contacto (e-mail) do Paulo Claro, ou fornecer-lhe o do Futebol em Portugal?

    Gostava de falar com ele,

    ao que percebi é um estudioso do futebol português… desperta-me interesse;

    Cumprimentos!


  27. Eu não tenho o endereço do Paulo Claro.
    Se ele for visitante deste ou do seu site ele entederá se contacta.


  28. Obrigado;

    Cumprimentos,

    Carlos Bonaparte


  29. Tal como o Moncarapachense, o Torre de Moncorvo também estava a disputar a Distrital do seu distrito,…logo…provavelmente desistiram dos nacionais, mas foram a tempo de se inscreverem nas suas distritais que na época começãvam em Dezembro ou Janeiro, por serem séries pequenas


  30. Relíquias do Passado
    Fichas perdidas no Tempo

    JOGO DE INAUGURAÇÃO DO RELVADO DO ESTÁDIO SANCHES DE MIRANDA EM ÉVORA – 1-11-1973

    JUVENTUDE DE ÉVORA, 1 – VITÓRIA DE SETÚBAL, 2
    ———————————————–
    Árbitro……
    Juventude – Antoninho; João Paulo (José Luis), Fernando Sousa (Modas), Moleirinho, Jony, Queiroz, Morais (Durães), Vilanova, Marivaldo, Walter e Edson.
    Treinador:Osvaldo Cambalacho.
    Vit.Setúbal – Vaz (Marrafa), José Lino, Conceição, Arcanjo, Fernando, Augusto (Narciso), Amâncio, Câmpora, Bio, Sipó e Praia.
    Ao Intervalo: 1-1.
    Marcadores: 0-1 – Sipó – 8 minutos: 1-1 – Vilanova – 22 e 1-2 – Sipó – 80 minutos.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: