h1

Época 1972/73: Segunda Divisão

Maio 1, 2007

Zona Norte:

Acad. Coimbra. . .30 22  5  3 66-14 49
Varzim . . . . . .30 14  8  8 27-23 36
Braga. . . . . . .30 11 12  7 36-22 34
Fafe . . . . . . .30 11 10  9 39-32 32
Gil Vicente. . . .30 11  9 10 38-33 31
Oliveirense. . . .30  8 15  7 29-28 31
Sanjoanense. . . .30 10 10 10 32-29 30
Espinho. . . . . .30 11  8 11 33-32 30
Salgueiros . . . .30 11  7 12 25-32 29
Famalicão. . . . .30  9 10 11 31-34 28
Vilanovense. . . .30  9 10 11 22-26 28
Riopele. . . . . .30  8 11 11 23-34 27
Tirsense . . . . .30  9  8 13 32-40 26
Penafiel . . . . .30  9  7 14 26-37 25
Covilhã. . . . . .30  9  6 15 27-43 24
U. Lamas . . . . .30  3 14 13 16-43 20

Zona Sul:

Olhanense. . . . .30 18  7  5 50-24 43
Oriental . . . . .30 17  8  5 47-19 42
Portimonense . . .30 16  9  5 52-21 41
Marinhense . . . .30 16  8  6 43-21 40
U. Leiria. . . . .30 17  5  8 50-27 39
Sintrense. . . . .30 11 10  9 38-37 31
Sesimbra . . . . .30 11  8 11 31-31 30
Cova da Piedade. .30  9 10 11 28-34 28
Torres Novas . . .30  9  9 12 29-34 27
Almada . . . . . .30  9  8 13 37-45 26
Peniche. . . . . .30  9  8 13 26-35 26
Caldas . . . . . .30  7 11 12 28-34 25
Sacavenense. . . .30  9  5 16 29-49 23
Tramagal . . . . .30  8  7 15 27-51 23
Nazarenos. . . . .30  6  8 16 20-47 20
Seixal . . . . . .30  4  7 19 25-51 15

Apuramento do Campeão:

ACADÉMICA: 1 Olhanense: 0.

Torneio de Competência I/II Divisão:

ORIENTAL. . .6 2 2 2 6-5 6
Montijo . . .6 2 2 2 6-6 6
Varzim. . . .6 2 2 2 3-3 6
U. Coimbra. .6 2 2 2 3-4 6

(desempate: MONTIJO: 1 Varzim: 0)

Torneio de Competência II/III Divisão:

Penafiel . . .4 3 1 0 10-4  7
Tirsense . . .4 1 1 2  7-6  3
Feirense . . .4 1 0 3  4-11 2
Chaves . . . .Desistiu

U. Montemor. .8 3 4 1  8-3  10
Tramagal . . .8 3 3 2 12-13  9
Marítimo . . .8 3 3 2 16-7   9
Sacavenense. .8 2 5 1 10-10  9
Odivelas . . .8 1 1 6  9-22  3

Advertisements

26 comentários

  1. Podes fornecer resultados do torneio 1-2 e 2-3?
    Obrigado


  2. Atenção Arquivista, a classificação do Torneio de Competência II/III Divisão está incorrecta.


  3. Eis o que tenho sobre este assunto(1972/73):
    Em 27 de Maio, iniciou-se o Torneio de Competência 3ª/2ª Divisão. Na 1ª jornada, o Feirense perdeu em Penafiel por 1-0. No outro jogo, Tirsense e Desportivo das Aves empataram 0-0. Na 2ª jornada o Feirense ganhou por 2-1 ao Tirsense. Na 3ª jornada, na Vila das Aves, o Feirense perdeu por 2-1.Na 4ª jornada o Feirense perdeu em casa com o Penafiel por 3-1.
    Nesta altura, o Conselho de Disciplina reafirmou a sua decisão relativamente ao caso Valpaços, da Série A da 3ª Divisão, sendo confirmada posteriormente pelo Conselho Jurisdicional da Federação Portuguesa de Futebol. O Lourosa, prejudicado por esta decisão, recorreu então em última instância para o Conselho Superior de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.
    A contar para a 5ª jornada do Torneio de Competência, realizada em 24 de Junho de 1973, o Feirense perdeu por 4-0 com o Tirsense em Santo Tirso e o Penafiel ganhou por 3-1 ao Desportivo das Aves.
    A classificação nesta altura estava assim ordenada: Penafiel 8 pontos, Aves 6, Tirsense 4 e Feirense 2 pontos.
    O Feirense estava afastado dos lugares de promoção. No entanto, já na madrugada do dia 30 de Junho, o Conselho Superior de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, decidiu o caso a favor do Lusitânia de Lourosa, que assim reconquistava o 1º lugar da Zona A da 3ª Divisão.
    Entretanto o encontro Feirense – Desportivo das Aves, a contar para a última jornada do Torneio de Competência, foi suspenso pela F.P.F. no dia anterior à realização do jogo, realizando-se apenas o Penafiel – Tirsense 2-0.
    Entretanto, o Feirense beneficiaria também deste caso Valpaços, assim como os clubes que disputaram o Torneio de Competência, uma vez que foi decidido o alargamento do Nacional da 2ª Divisão.


  4. Luís da Feira:

    Como a FPF ainda marcou dois encontros com o Chaves para esta liguilha (aos quais o Chaves não compareceu), creio que a classificação “oficial” será esta, na qual são contados aos três outros participantes os jogos em que não defrontaram o Aves, sendo o Chaves dado como desistente.
    Mas também há a possibilidade de nem sequer esta classificação ter sido homologada, uma vez que entratento já havia sido promulgado o alargamento da Segunda Divisão.

    Pelo que li, este “Caso Valpaços” foi causado pela utilização de jogadores mal inscritos por parte do Valpaços durante uma série de jogos, o que levou depois a que a classificação da Série A ficasse completamente mudada.

    Mika:

    Não me esquecerei de colocar aqui esses resultados. Por enquanto, ainda estou a ver como é que ficou mesmo resolvido este “Caso Valpaços”…


  5. Arquivista:
    Estás a dar-me dados que eu não tinha. Não sabia que o Chaves estava metido ao barulho. Talvez fosse interessante verificar a classificação da III Divisão, Série A. Consegues?


  6. Luís da Feira:

    Nem tenho feito outra coisa…
    O caso foi o seguinte: o Lourosa já tinha a promoção assegurada quando, em resultado do “caso Valpaços”, a classificação é toda revista e o Chaves fica à frente da série, o Aves em segundo e o Lourosa em terceiro lugar.

    Como é evidente, o Lousada sentiu-se lesado e recorreu ao CJ, recurso esse que seria deferido. O Lousada foi homologado como vencedor da série A e seria mesmo o campeão da Terceira Divisão neste ano.

    Quanto ao Chaves, ficou com o segundo lugar; o Aves com o terceiro lugar. O problema é que o Chaves até já se tinha qualificado para a final do campeonato da 3ª Divisão e o Aves já havia garantido a promoção na liguilha! Nem o Chaves aceitou participar na liguilha de promoção, nem o Aves aceitou voltar à 3ª Divisão. Não restou outra solução senão a do alargamento.

    Agora começam as minhas dificuldades: ainda não consegui confirmar qual o motivo do protesto do Lourosa, se foi o seu jogo com o Valpaços ou as vitórias “administrativas” que as outras equipas tiveram.


  7. Arquivista, ainda arranjei o seguinte deste assunto:
    Entretanto na Zona A do Nacional da 3ª Divisão estalava a polémica com o caso Valpaços. O Lusitânia de Lourosa precisava de vencer na última jornada para assegurar o 1º lugar da Zona A e venceu mesmo por 1-0 em casa ao Freamunde. Só que, na semana em que antecedeu o jogo, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol puniu o Valpaços com a derrota em 10 jogos por utilização irregular de jogadores, relegando a equipa de Lourosa para o 3º lugar. Desta decisão beneficiavam com dois pontos as equipas do Chaves e do Desportivo das Aves. A classificação ficava agora assim provisoriamente ordenada: Chaves 42 pontos, Aves 42 pontos e Lusitânia de Lourosa 40 pontos. A equipa de Lourosa contestou e recorreu desta decisão muito retardada do Conselho de Disciplina, já que o caso se prolongou por longas semanas sem decisão.
    Em 27 de Maio, iniciou-se o Torneio de Competência 3ª/2ª Divisão. Na 1ª jornada, o Feirense perdeu em Penafiel por 1-0. No outro jogo, Tirsense e Desportivo das Aves empataram 0-0. Entretanto em Lourosa eram inúmeras as manifestações de descontentamento e aguardava-se com ansiedade a decisão ao recurso apresentado referente ao caso Valpaços.


  8. Os resultados das liguilhas foram:

    Oriental: 0 Varzim: 0.
    U. Coimbra: 1 Montijo: 1.
    Varzim: 0 U. Coimbra: 1.
    Montijo: 3 Oriental: 1.
    Montijo: 0 Varzim: 0.
    U. Coimbra: 0 Oriental: 0.
    Varzim: 2 Oriental: 1.
    Montijo: 2 U. Coimbra: 0.
    Oriental: 3 Montijo: 0.
    U. Coimbra: 1 Varzim: 0.
    Oriental: 1 U. Coimbra: 0.
    Varzim: 1 Montijo: 0.

    (Desempate: Montijo: 1 Varzim: 0)

    Tirsense: 0 Aves: 0.
    Penafiel: 3 Feirense: 1.
    Aves: 1 Penafiel: 1.
    Feirense: 2 Tirsense: 1.
    Aves: 2 Feirense: 1.
    Tirsense: 2 Penafiel: 2.
    Aves: 1 Tirsense: 0.
    Feirense: 1 Penafiel: 3.
    Tirsense: 4 Feirense: 0.
    Penafiel: 3 Aves: 1.
    Penafiel: 2 Tirsense: 0.
    Feirense: x Aves: x.

    Tramagal: 1 Sacavenense: 1.
    Odivelas: 1 U. Montemor: 1.
    Sacavenense: 2 Odivelas: 0.
    U. Montemor: 1 Marítimo: 0.
    Odivelas: 3 Tramagal: 2.
    Marítimo: 5 Sacavenense: 1.
    Tramagal: 2 Marítimo: 1.
    Sacavenense: 0 U. Montemor: 0.
    Marítimo: 3 Odivelas: 0.
    U. Montemor: 3 Tramagal: 0.
    Sacavenense: 1 Tramagal: 1.
    U. Montemor: 2 Odivelas: 0.
    Odivelas: 2 Sacavenense: 4.
    Marítimo: 0 U. Montemor: 0.
    Tramagal: 3 Odivelas: 2.
    Sacavenense: 1 Marítimo: 1.
    Marítimo: 1 Tramagal: 1.
    U. Montemor: 0 Sacavenense: 0.
    Odivelas: 1 Marítimo: 5.
    Tramagal: 2 U. Montemor: 1.


  9. Quanto ao “Caso Valpaços”, não sei qual destas três hipóteses terá de facto ocorrido:

    I: O Lourosa terá protestado o jogo da 29ª jornada contra o Valpaços, que terminara empatado 1-1. A penalização do Valpaços garantiria ao Lourosa mais um ponto, quanto baste para subir ao primeiro lugar da Série A.

    II: O Lourosa terá protestado as vitórias “administrativas” de Moncorvo (nas duas voltas), Aves, Vizela, Limianos, Freamunde, Esposende, Leça, Lamego e Chaves nos jogos contra o Valpaços. A promulgação dos resultados “desportivos” favoreceria inevitavelmente o Lourosa…

    III: O Valpaços foi penalizado pela falta de apresentação dos certificados médico-desportivos dos jogadores Adriano da Silva Teixeira e José de Freitas Vieira. Ora, pelo que li, esta infracção poderá ter sido penalizada com a desqualificação do clube, ou seja, a anulação de todos os jogos em que tenha participado!


  10. OK. Bom trabalho arquivista.
    Agora só falta reformular a classificação da III Divisão, Zona A, já que o Lourosa foi o primeiro.
    Um abraço,


  11. Ainda não perdi as esperanças de tirar este caso a limpo… 😉


  12. Amigo arquivista, eu posso ajudá-lo.

    É a segunda hipótese que é a verdadeira, e a decisão do Conselho de Justiça foi a de anular as vitórias de “secretaria” nesses dez jogos.

    Os resultados válidos foram os obtidos em campo, com uma condição, os pontos obtidos pelo Valpaços nesses jogos não contavam para a classificação final.
    Se me der algum tempo, posso dar-lhe a classificação tal como ela ficou.


  13. Estes casos adiados sempre até ao limite pela FPF são autênticos quebra-cabeças.
    Para se descobrir o que se passou é preciso um grande trabalho de investigação digno de Sherlock Holmes, eh, eh. eh.


  14. A quem o dizes… 😉

    Paulo M:

    Excelente!
    E esteja à vontade, apreciarei sempre a ajuda que me puder dar; neste caso já não foi pouca. 🙂


  15. Antes de mais quero dar os parabéns por este excelente trabalho que tem vindo a desenvolver!
    Eu próprio também sou um adepto de estatísticas de futebol! Tento (re)fazer a história do futebol em números, desde as competições mais conhecidas, por exemplo FA Cup, Scottish Premier League, Campeonato Brasileiro…, até às competições menos conhecidas, como por exemplo, Commonwealth of Independent States Cup, Coupe Jean Dupuich, FAW Premier Cup, …
    Se quiser pode dar-me o seu mail e eu enviar-lhe-ei alguns exemplares do meu trabalho!

    Estive a ler o que vocês recolheram acerca do “Caso Valpaços”, e ficou-me uma dúvida. Não entendi o critério pelo qual o União de Lamas, sendo 16º classificado na Zona Norte, não foi despromovido, ao passo que o Sp. Covilhã, 15º classificado, foi despromovido, bem como o Seixal e o Nazarenos da Zona Sul! Será que houve uma liguilha? Aqui fica a minha dúvida, que se possível gostaria de ver esclarecida!

    Cumprimentos e bom trabalho!


  16. dragão tocha:

    Também me pareceu ter havido um “torneio de competência”, mas por algum motivo passou-me despercebido.
    Será que, por razões de tempo (o alargamento foi decidido muito pouco tempo antes do início dos campeonatos), as promoções e as despromoções foram decididas por jogos de “bota-fora”? Talvez o Paulo M. conheça melhor esta situação… 😉

    O e-mail deste blogue, que pode encontrar na coluna da direita, é:

    arquivistamisterioso@gmail.com


  17. Houve sim uma “mini-liguilha”, que teve estes resultados:

    U. Lamas 2 Alba 1

    U. Lamas 3 Covilhã 1

    Alba 3 Covilhã 2.

    Apurado: U. Lamas

    Seixal 0 Nazarenos 1
    Alhandra 0 Juventude 0

    Juventude 2 Nazarenos 0
    Alhandra 3 Seixal 0

    Seixal 0 Juventude 0
    Alhandra 2 Nazarenos 0

    Apurado: Alhandra


  18. Paulo M:

    Deduzo então que o Aves não participou na liguilha e teve subida directa por ter sido um dos clubes prejudicados?


  19. Exactamente, alvi-negro.

    Para além do “caso Valpaços”, houve outra razão muito forte para o alargamento: o Marítimo não havia conseguido na liguilha anterior o apuramento para a 2ª Divisão. Foi um enorme balde de água fria para os maritimistas e para a própria FPF, que queria acabar de vez com o “desterro” a que submetera os clubes insulares. Ficou assim uma lição para o futuro do futebol português: não há bagunça que um alargamento não resolva. 😉


  20. Caro Paulo M., verifiquei que existe uma situação estranha entre o Povoense e o Desportivo Castelo Branco na Série C da III de 1973-1974, pois o Povoense ficou à frente da equipa albicastrense, logo e pela lógica o Desportivo Castelo Branco deveria ter sido despromovido aos distritais. Tal facto não aconteceu, uma vez que quem participa na III Divisão na época de 1974-1975 é o Desportivo e não o Povoense!
    O que aconteceu? O Povoense desistiu? O Povoense foi punido por alguma irregularidade? Esta classificação está homologada pela FPF? Trata-se de uma situação realmente estranha…infelizmente, bem típica do nosso futebol!
    Será que alguém sabe o que se passou?

    Obrigado e continuação de bom trabalho.


  21. Caro dragão tocha, as classificações que tenho coincidem com o arquivista, agora o que se terá passado ao certo não sei…

    Os clubes passaram, por causa da crise da gasolina, tempos muito difíceis durante a época 1973/74, e eu não excluiria a hipótese do Povoense ter desistido do futebol sénior.
    Também é possível que o Povoense tenha sido despromovido nas liguilhas que havia entre os 12º classficados e equipas dos distritias, mas nesse caso fica por explicar o Desportivo de Castelo Branco. Eu acho que a desistência é a hipótese mais provável.


  22. Totobola – 1972 – 1973 – Só com jogos da 2ª Divisão

    Famalicão – Gil Vicente – 1 – Uniaõ de Lamas – fafe – 1 – Oliveirense – Braga _ 2 – Vilanovense – Riopele – X – Tirsense – Espinho – 1 – Salgueiros – Varzim – x – Nazarenos – Torres Novas – 1X – Marinhense – Oriental – 2 – Peniche – Olhanense – X –
    Cova Piedade – Portimonense – 2 – Sesimbra – Almada – 1 – Sacavenense – Caldas – 1 e Sintrense – União de Leiria – X.


  23. O valpaços foi penalizado nos seguintes jogos:

    em casa:
    chaves 2-0
    leça 1-1
    freamunde 2-1
    vizela 0-0
    limianos 2-0
    lamego 1-0
    aves 3-1
    moncorvo 1-0
    esposende 3-2

    fora
    moncorvo 4-1

    estes resultados foram todos transformados em derrotas

    gugu.historial@portugalmail.pt


  24. deixo aqui tb resultados dos 12º que dava para descer aos distritais ,mas que dp ninguem desceu (que confusão,… e isto antes do 25 abril)

    Vizela-LVRSA 2-3 1-2
    Campomaiorens-naval 1-1 0-2

    LVRSA-Campomaiorense 0-0 0-0?
    naval-Vizela 0-0 1-0

    Naval-LVRSA 2-1 0-3
    Campomaiorense-vizela 2-1 3-1

    e também por fim para ajudar à festa uma liguilha entre o sacrificado Lourosa-gouveia 1-0 0-0
    lourosa – L Évora 1-0 ???
    Gouveia – lourosa ??? ???

    parecia o futebol brasileiro com fases , poules e mais poules ….uuuuuf


  25. Casos e mais casos no futebol português sempre…
    Um abraço ao pessoal que frequanta os Arquivos da Bola, sempre úteis para consulta.


  26. Ainda alguém há-de reclamar… com tanta gente que passa por aqui a perguntar pelo São Paulo e a falar no Vitória da Baía… hehehe

    Abraços Gugu!



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: