h1

Época 1987/88: Segunda Divisão

Julho 14, 2007

Zona Norte:

Famalicão . . . . . . .38 21 11  6 65-22 53*
Leixões . . . . . . . .38 22  9  7 70-32 53
Fafe. . . . . . . . . .38 20 12  6 47-19 52
Tirsense. . . . . . . .38 16 14  8 53-31 46
Freamunde . . . . . . .38 15 15  8 51-31 45
Vizela. . . . . . . . .38 18  9 11 51-34 45
D. Aves . . . . . . . .38 17  9 12 49-40 43
Felgueiras. . . . . . .38 15 12 11 51-35 42
Moreirense. . . . . . .38 16 10 12 47-46 42
Bragança. . . . . . . .38 16  7 15 52-58 39
Gil Vicente . . . . . .38 12 14 12 41-40 38
Paços de Ferreira . . .38 11 16 11 37-37 38
Marco . . . . . . . . .38 14  9 15 51-66 37
U. Lamas. . . . . . . .38 14  9 15 43-44 37
Trofense. . . . . . . .38 12 10 16 44-48 34
Ermesinde . . . . . . .38 10 11 17 37-51 31
Vianense. . . . . . . .38  9 11 18 32-48 29
Macedo de Cavaleiros. .38  5 10 23 25-61 20*
Lourosa . . . . . . . .38  6  8 24 22-64 20
Lixa. . . . . . . . . .38  3 10 25 26-86 16

*O Famalicão e o Macedo de Cavaleiros foram posteriormente desclassificados por força de um caso de suborno no jogo Macedo de Cavaleiros-Famalicão, da 33ª jornada.

Zona Centro:

Acad. Viseu . . . . . .38 26  3  9 78-41 55
Beira-Mar . . . . . . .38 21 11  6 57-22 53
Torreense . . . . . . .38 19 11  8 61-31 49
U. Leiría . . . . . . .38 18 11  9 64-43 47
Est. Portalegre . . . .38 16  8 14 55-45 40
Feirense. . . . . . . .38 16  8 14 57-51 40
Estarreja . . . . . . .38 14 12 12 47-49 40
Marinhense. . . . . . .38 12 13 13 38-36 37
Mangualde . . . . . . .38 10 16 12 34-46 36
Peniche . . . . . . . .38 12 12 14 56-55 36
Águeda. . . . . . . . .38 13 10 15 35-42 36
Marialvas . . . . . . .38 16  3 19 42-44 35
Caldas. . . . . . . . .38 14  7 17 34-41 35
Oliveira do Bairro. . .38 12 10 16 46-47 34
Vilafranquense. . . . .38 11 12 15 40-55 34
U. Santarém . . . . . .38 12  9 17 42-53 33
Mirense . . . . . . . .38 11 10 17 46-61 32
Guarda. . . . . . . . .38  9 12 17 28-52 30
U. Almeirim . . . . . .38 10 10 18 30-62 30
U. Coimbra. . . . . . .38  8 12 18 29-43 28

Zona Sul:

Est. Amadora. . . . . .38 24  8  6 64-22 56
Nacional. . . . . . . .38 25  5  8 69-25 55
Louletano . . . . . . .38 23  4 11 80-36 50
Estoril . . . . . . . .38 18 11  9 55-35 47
Barreirense . . . . . .38 15 14  9 42-37 44
U. Madeira. . . . . . .38 16 10 12 59-39 42
Sacavenense . . . . . .38 14 13 11 43-40 41
Atlético. . . . . . . .38 15 10 13 55-39 40
Oriental. . . . . . . .38 14 11 13 53-51 40
Silves. . . . . . . . .38 12 14 12 38-47 38
Olhanense . . . . . . .38 15  8 15 50-43 38
Esperança Lagos . . . .38 14  8 16 39-48 36
Santiago do Cacém . . .38 12 11 15 36-55 35
Montijo . . . . . . . .38 13  7 18 46-51 33
Amora . . . . . . . . .38 11  9 18 43-64 31
Lusitânia . . . . . . .38 10 11 17 26-54 31
Cova da Piedade . . . .38  8 14 16 40-54 30
Samora Correia. . . . .38 10  7 21 33-58 27
Costa da Caparica . . .38  8  8 22 33-74 24
Santa Clara . . . . . .38  5 13 20 19-51 23

21 comentários

  1. Os resultados do torneio para o apuramento do campeão foram:

    A. Viseu: 1 Estrela: 0.
    A. Viseu: 2 Famalicão: 1.
    Estrela: 1 Famalicão: 1.
    Estrela: 2 A. Viseu: 2.
    Famalicão: 5 A. Viseu: 0.
    Famalicão: 2 Estrela: 1.

    Ou seja, o Famalicão teria sido o campeão nacional da 2ª Divisão não fosse aquele rocambolesco caso com o Macedo de Cavaleiros e o seu presidente, António Veiga.


  2. Arquivista,

    aqui vão 2 sites que se achares interessantes podes pôr nos teus links:

    http://www.scapulaire.com/ (Arquivo Bordeus)

    http://www.enciclopediadelcalcio.com/


  3. Covêm frisar…
    Que esta situação do Famalicão, acabou por se confirmar como falso.
    Aliás o Famalicão foi jogar para a 3ª divisão série A, como uma equipa de 1ª divisão.
    Terminou em 1º lugar e foi disputar a final com o Mirense.
    Na época seguinte ainda com o caso a ser julgado, foi dado razão ao Famalicão, acabando por este clube apesra de terminar em 2º na II Divisão zona Norte, foi colocado na 1ª divisão


  4. Drakonyaz:

    Adicionados.🙂

    GG:

    Este caso do trio Fafe-Famalicão-Macedo de Cavaleiros deve ser das histórias mais mal contadas do futebol português.

    É conveniente lembrar que o caso surge bem antes de o presidente do Macedo de Cavaleiros denunciar o suborno; o Fafe já havia protestado a utilização pelo Famalicão do jogador Kanu, supostamente inscrito de forma irregular, e a vitória “administrativa” do Famalicão no jogo contra o Macedo de Cavaleiros, interrompido ao intervalo depois de uma invasão de campo.
    Seria em suma um caso relativamente normal no futebol português, ou não houvesse a tradição do “segundo campeonato” e a memória fresca dos casos Mapuata e N’Dinga…

    Mas o caso ganhou uma outra dimensão quando, a uma semana do início dos campeonatos, o presidente do Macedo de Cavaleiros, António Veiga, denuncia a prática de suborno e apresenta como prova um cheque do Famalicão destinado ao Macedo de Cavaleiros.
    Inicialmente, o Conselho de Disciplina declarou que a prática de suborno só seria punível no caso de envolver funcionários públicos (!!!!!), mas, depois de apreciado o recurso do Fafe ao Conselho de Justiça, o Famalicão e o Macedo foram desclassificados e despromovidos à 3ª Divisão, e os seus presidentes irradiados.

    Parecia tudo claro e muito ardiloso: o Macedo de Cavaleiros, que estava à beira da falência, aceitou o suborno e, em vez do penalti arranjado ou da falta misteriosa de forças, encenou uma invasão de campo, o que, como se sabia, iria dar uma vitória de “secretaria” ao Famalicão.

    Mas ninguém esperava que António Veiga, um ano depois, desse o dito por não dito: afinal, o Famalicão nunca havia subornado o Macedo de Cavaleiros e o cheque do Famalicão serviu apenas para pagar os bilhetes destinados aos adeptos visitantes…a história do suborno tinha sido apenas uma vingança pessoal contra António Costa, o presidente do Famalicão.

    O Famalicão e o seu presidente foram reabilitados (daí o “re-alargamento” em 1990/91 de 18 para 20 equipas), recuperaram o título da 2ª Divisão Nacional e o clube permaneceu na 1ª Divisão até 1993/94. Mas estou em crer que ainda faltam muitas partes desta história…


  5. Na 34.ª jornada da zona sul o Nacional foi vencer a Samora Correia, confirmando assim a sua 1.ª subida à I Divisão.
    Resumo do jogo e festa no aeroporto:


  6. Quem era o treinador que subiu o Nacional da Madeira em 1987/88? Não era o Paulo Autuori, não podia ser!
    .


  7. Dingo:

    O treinador era o Paulo Autuori.
    Depois continuou a treinar o Nacional na 1.ª época na I Divisão.
    O C.D. Nacional foi o 1.º clube do Paulo Autuori em Portugal.


  8. Foi uma época extraordinária para os nossos clubes, Estrela Amadora e Nacional, garantimos a subida com muitas jornadas para o final. Para variar ganhamos no confronto directo ao Nacional, empatando em casa e ganhando fora.

    Já podiamos ter subido o ano anterior se nao tem descido a super-equipa do V. Setubal, mas mais um ano na Zona Sul até acabou por ser muito positivo, porque foi um passeio ainda maior que no ano anterior e isso cativou muito mais adeptos e socios.


  9. Nao posso deixar de realçar a equipa do Louletano, que nesse ano tinha vindo da Terceira Divisao e nos deu “alguma” luta e que ficou com o melhor ataque da prova mas de longe. Sei que venceram uns 3 ou 4 jogos marcando 6 golos e alguns por 5.

    Para quem vinha da divisao inferior portou-se extraordinariamente bem. Infelizmente nao mantiveram a performance nos anos seguintes e nunca subiu à Primeira Divisao, nem me parece que algum dia o venha a fazer…


  10. O treinador do Louletano era o Mário Wilson…

    E a equipa está aqui: http://www.jcsports.com.br/galeria/jogador/25.html


  11. Deixo aqui uma dúvida para quem conseguir responder:

    Em cada uma das três zonas foram despromovidos os 5 últimos classificados directamente. A questão é a seguinte: dos 15º classificados só o Trofense (Norte) é que não foi despromovido, já que Vilafranquense (Centro) e Amora (Sul) não tiveram a mesma sorte. Qual foi o critério usado? Houve liguilla?

    Cumprimentos


  12. este nº de descidas era para reduzir as zonas NCS de 20 para 18 clubes. Houve uma liguilha, mas desconheço os resultados, e tenho quase a certeza que era em campo neutro, portanto apenas um jogo entre ambos


  13. Neste ano não houve liguilha. Em virtude da desclassificação do Famalicão, o Fafe ocupou o seu lugar na I Divisão. O Trofense acabou por ocupar o lugar deixado vago pelo Fafe na Zona Norte da II Divisão.
    Neste ano com a desclassificação do Famalicão, acabaram por descer na mesma 5 clubes: o Famalicão, Ermesinde, Vianense, Macedo de Cavaleiros, Lourosa, Lixa.


  14. Nesta época subiram 6 clubes à 1ºDivisão (aumento)
    Fafe e Leixões (3º)
    Ac Viseu e Beira Mar
    Est Amadora e Nacional


  15. Boas venho pela 1 vezees comentar o seu blog porque esta aqui uma historia que eu sei bem.
    Era jogador do Clube Altetico de MAcedo de Cavaleiros.So sei que a 33 jornada o Famalicao percisava de ganhar por ja nao sei se era 5 ou 6 golos e nesse jogo o macedo alinhou com uma equipa suplente e o famalicao ganhou pelos golos que persisava se houve soborno o nao nao sei agora que descemos por uma historia parva foi foi
    Abraços😀


  16. Boa tarde SR. Jorge Pagaime.
    Poderia escrever-me um e-mail para:
    FutebolemPortugal@portugalmail.pt?
    Gostaria de lhe escrever.

    Abraços,

    Carlos Bonaparte


  17. como era constituido o plantel do união de leiria nesta época?


  18. Para quando fichas de jogos do Nacional da 1ª Divisão, se calhar a partir dos anos 80. O foradejogo.net tem os resultados e classificações das jornadas desde 1969/70. Pensem nisso eu poderei colaborar.


  19. alguém me pode confirmar se existia no palntel da União de Leiria da época 87/88 um defesa ou médio chamado Cardoso que uns anos antes tinha jogado na Académica?


  20. C.Futebol Estrela da Amadora:
    ———————————
    Plantel – 1987/88:
    ———————–
    Jogadores:
    Melo e Valter (g.redes).
    Marlon Alves, Fernando Marques, Norberto, Mota, Chumbo, Luis Carlos, Nito e Rebelo (Defesas).
    Rui Palhares, Nascimento, Jaime, Nelo, Pedro, Paulo Jorge, Gadelha e Palecas (Médios).
    Nélson Borges, Rosário, Joel, Illo, Mozart e Rui Lopes (Avançados).
    Treinador: Joaquim Meirim.

    Não tenho conhecimento se Meirim levou da 1ª à última jornada o Estrela ao título da 2ª – Sul e subida de divisão.


  21. Alguém poderia colocar aqui fichas de jogos da União de Leiria relativa a esta época de 87/88? Obrigado



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: