h1

Os Arquivos feitos pelos seus Leitores (II)

Julho 30, 2007

O leitor Francisco Tavares envia-nos a lista de Campeões Distritais da Associação de Futebol de Aveiro (1ª, 2ª e 3ª Divisões) e a dos vencedores da Taça do Distrito de Aveiro:

1924/25 – Sporting Clube de Espinho
1925/26 – Sporting Clube de Espinho
1926/27 – Sporting Clube de Espinho
1927/28 – Sporting Clube de Espinho
1928/29 – Sport Clube Beira Mar
1929/30 – Sporting Clube de Espinho
1930/31 – Associação Desportiva Ovarense
1931/32 – Sporting Clube de Espinho
1932/33 – Associação Desportiva Ovarense
1933/34 – Sporting Clube de Espinho
1934/35 – Associação Desportiva Ovarense
1935/36 – Associação Desportiva Ovarense
1936/37 – Associação Desportiva Sanjoanense
1937/38 – Sport Clube Beira Mar
1938/39 – Associação Desportiva Ovarense
1939/40 – Associação Desportiva Sanjoanense
1940/41 – Sporting Clube de Espinho
1941/42 – Clube de Futebol União de Lamas
1942/43 – Clube de Futebol União de Lamas
1943/44 – Sporting Clube de Espinho
1944/45 – Sporting Clube de Espinho
1945/46 – União Desportiva Oliveirense
1946/47 – Associação Desportiva Sanjoanense
1947/48 – Sporting Clube de Espinho
1948/49 – Sport Clube Beira Mar
1949/50 – Associação Desportiva Ovarense
1950/51 – Sporting Clube de Espinho
1951/52 – União Desportiva Oliveirense
1952/53 – Associação Desportiva Sanjoanense
1953/54 – Clube de Futebol União de Lamas
1954/55 – Associação desportiva Ovarense
1955/56 – Sport Clube Beira Mar
1956/57 – União Desportiva Oliveirense
1957/58 – União Desportiva Oliveirense
1958/59 – Sport Clube Beira Mar
1959/60 – Clube Desportivo Feirense
1960/61 – Sporting Clube de Espinho
1961/62 – Lusitania Futebol Clube de Lourosa
1962/63 – Clube de Futebol União de Lamas
1963/64 – Lusitania Futebol Clube de Lourosa
1964/65 – Lusitania Futebol Clube de Lourosa
1965/66 – Clube Desportivo Feirense
1966/67 – Recreio Desportivo de Agueda
1967/68 – Clube Desportivo Feirense
1968/69 – Sport Clube Alba
1969/70 – Anadia Futebol Clube
1970/71 – Associação Desportiva Ovarense
1971/72 – Clube Desportivo Paços de Brandão
1972/73 – Atlético Clube de Cucujães
1973/74 – Recreio Desportivo de Agueda
1974/75 – Clube Desportivo Arrifanense
1975/76 – Associação Desportiva Valecambrense
1976/77 – Sporting Clube Bustelo
1977/78 – Associação Atletica de Avanca
1978/79 – Sporting Clube de Esmoriz
1979/80 – Clube Desportivo de Estarreja
1980/81 – Associação Desportiva Ovarense
1981/82 – Sporting Clube de Esmoriz
1982/83 – Futebol Clube Cesarense
1983/84 – Atlético Clube de Cucujães
1984/85 – Futebol Clube Cesarense
1985/86 – Sporting Clube Paivense
1986/87 – Não foi atribuido o titulo (a)
1987/88 – Associação Desportiva Valecambrense
1988/89 – Associação Desportiva Sanjoanense
1989/90 – Fiães Sport Clube

A partir desta época, a divisão maior do Distrital passou a designar-se Divisão de Honra:

1990/91 – Associação Desportiva de Sanguedo
1991/92 – Sporting Clube de Esmoriz
1992/93 – Grupo Desportivo de São Roque
1993/94 – Sporting Clube São João Ver
1994/95 – Associação Desportiva e Cultural de Lobão
1995/96 – Sporting Clube de Esmoriz
1996/97 – Oliveira do Bairro Sport Clube
1997/98 – Associação Desportiva Valecambrense
1998/99 – Associação Desportiva e Cultural de Lobão
1999/00 – Grupo Desportivo da Gafanha
2000/01 – Grupo Desportivo Milheiroense

A partir desta época, voltou a designar-se 1ª Divisão:

2001/02 – Fiães Sport Clube
2002/03 – Futebol Clube de Arouca
2003/04 – Associação Atletica de Avanca
2004/05 – Lusitania Futebol Clube de Lourosa
2005/06 – Recreio Desportivo de Agueda
2006/07 – Futebol Clube de Arouca

(a) – Na época 1986/87, aconteceu o maior escândalo na memória do Distrital de Aveiro: chegámos à última jornada, e a AD Sanjoanense e CD Paços Brandão estão empatados em pontos e no confronto directo. Na última jornada, se ambos vencessem, seriam os golos a decidir; jogaram com o CD Tarei e o SC Bustelo, e o resultado de ambos os jogos foi 32-0 (ficou conhecido como processo 32/0).
Após investigação, o Sanjoanense e o Paços de Brandão foram relegados para a 2ª Divisão distrital, em vez de um deles subir à 3ª Divisão Nacional. O beneficiado, sem ter nada a ver com o caso, foi o Sporting Clube de Esmoriz, que era 3º classificado e subiu à 3ª Divisão após a desclassificação dos infractores.

* * * * * * * * * *

Com o aumento do número de clubes, a partir de 1953, começa a disputar-se também o Campeonato Distrital da 2ª Divisão:

1953/54 – Grupo Desportivo da Mealhada
1954/55 – Atlético Clube de Cucujães
1955/56 – Clube Desportivo de Estarreja
1956/57 – Atlético Clube de Cucujães
1957/58 – Futebol Clube Cesarense
1958/59 – Atlético Clube de Cucujães
1959/60 – Clube de Futebol União de Lamas
1960/61 – Clube Desportivo de Estarreja
1961/62 – Sport Clube Alba
1962/63 – Associação Desportivo Valecambrense
1963/64 – Sporting Clube de São João de Ver
1964/65 – Oliveira do Bairro Sport Clube
1965/66 – Lusitania Futebol Clube de Lourosa
1966/67 – Sporting Clube de Bustelo
1967/68 – Atlético Clube de Cucujães
1968/69 – Grupo Desportivo da Mealhada
1969/70 – Sporting Clube de Fermentelos
1970/71 – Associação Atlética Macinhatense
1971/72 – Futebol Clube Cesarense
1972/73 – Futebol Clube Cesarense
1973/74 – Sporting Clube São João de Ver
1974/75 – Fiães Sport Clube
1975/76 – Futebol Clube Pinheirense
1976/77 – Futebol Clube da Pampilhosa
1977/78 – Grupo Desportivo Milheiroense
1978/79 – Associação Desportiva Valonguense
1979/80 – Futebol Clube de Arouca
1980/81 – Relampago União Futebol Clube Nogueirense
1981/82 – Associação Desportiva e Cultural de Lobão
1982/83 – Futebol Clube Pinheirense
1983/84 – Clube Desportivo de Tarei
1984/85 – Associação Desportiva de Oiã
1985/86 – Grupo Desportivo de São Roque
1986/87 – Futebol Clube de Arouca
1987/88 – Associação Desportiva Sanjoanense
1988/89 – Futebol Clube de Cortegaça
1989/90 – Juventude Desportiva Carregosense

A partir desta época, a 2ª Divisão Distrital passou a designar-se por 1ª Divisão – B:

1990/91 – Nege – Novo Estrela Gafanha da Encarnação
1991/92 – Canedo Futebol Clube
1992/93 – Grupo Desportivo Milheiroense
1993/94 – Associação Recreativa Cultural São Vicente de Pereira
1994/95 – Arada Atlético Clube
1995/96 – Futebol Clube da Pampilhosa
1996/97 – Canedo Futebol Clube
1997/98 – Nege – Novo Estrela Gafanha da Encarnação
1998/99 – Futebol Clube Pinheirense
1999/00 – Real Clube Nogueirense
2000/01 – Clube Desportivo Soutense

A partir desta época, voltamos à fórmula antiga, com o nome de 2ª Divisão Distrital:

2001/02 – Associação Desportiva e Cultural de Sanguedo
2002/03 – Sporting Clube Paivense
2003/04 – Juventude Académica Pessegueirense
2004/05 – União Desportiva Mouriquense
2005/06 – LAAC – Liga dos Amigos de Aguada de Cima
2006/07 – BARC – Associação Recreativa e Cultural da Borralha

* * * * * * * * * *

Em 1979, começa a disputar-se o Campeonato Distrital da 3ª Divisão:

1979/80 – Atlético Clube de Famalicão
1980/81 – Grupo Desportivo de Pedorido
1981/82 – Associação Desportiva de Argoncilhe
1982/83 – Associação Desportiva Paredes do Bairro
1983/84 – Unidos
1984/85 – Grupo Desportivo Calvão
1985/86 – Sport Maritimo Murtoense
1986/87 – Futebol Clube Bom Sucesso
1987/88 – Grupo Desportivo de Mogofores
1988/89 – Grupo Desportivo Santa Cruz Alvarenga
1989/90 – Ajax Desportivo Cultural da Silvâ

A partir desta época, o terceiro escalão no Distrital de Aveiro designa-se por 2ª Divisão Distrital:

1990/91 – Canedo Futebol Clube
1991/92 – Sport Clube Paradela
1992/93 – Grupo Desportivo da Fogueira
1993/94 – Centro Recreativo Cultural Rocas do Vouga
1994/95 – Futebol Clube Barcouço
1995/96 – Centro Desportivo Cultural São Martinho da Gandara
1996/97 – Grupo Desportivo de Fajões
1997/98 – Grupo Desportivo da Fogueira
1998/99 – Associação Atletica Macinhatense
1999/00 – Centro Recreativo Cultural Rocas do Vouga
2000/01 – Arada Atlético Clube

A partir desta época, voltamos à fórmula antiga com a designação de 3ª Divisão Distrital:

2001/02 – Atlético Clube de Famalicão
2002/03 – Centro Cultural Recreativo São Martinho (C. Paiva)
2003/04 – Juventude Desportiva Carregosense
2004/05 – Grupo Desportivo Beira Vouga
2005/06 – NEGE – Novo Estrela Gafanha da Encarnação
2006/07 – Sporting Clube Santa Maria da Feira

* * * * * * * * * *

Em 1988 começa a disputar-se a Taça Distrito de Aveiro (relação das finais a negrito o vencedor):

1988/89 – 17.06.89 – Em Santa Maria da Feira – CD Paços Brandão – CD Arrifanense 2-0
1989/90 – 01.05.90 – Em Aveiro – ADC Sanguedo – AA Avanca 0-1
1990/91 – 09.06.91 – Em Aveiro – FC Pinheirense – ADC Lobão 2-0
1991/92 – 18.06.92 – Em Aveiro – FC Pinheirense – JD Carregosense 0-1
1992/93 – 09.05.93 – Em Aveiro – CD Paços Brandão – AD Valecambrense 0-1
1993/94 – 10.06.94 – Em Aveiro – GD Gafanha – CD Luso 2-1
1994/95 – 06.05.95 – Em Aveiro – ADC Lobão – AD Valecambrense 0-0 2-3 (g.penalidades)
1995/96 – 01.05.96 – Em Aveiro – ADC Sanguedo – GD Mealhada 1-2
1996/97 – 10.05.97 – Em Aveiro – UD Mourisquense – FC Vaguense 2-1
1997/98 – 09.04.98 – Em Ovar – CD Paços Brandão – JA Rio Meão 1-1 1-3 (g.penalidades)
1998/99 – 08.05.99 – Em Estarreja – CCD Torreira Praia – GD Gafanha 0-3
1999/00 – 05.05.00 – Em Avanca – Canedo FC – AD Valonguense 1-1 4-5 (g.penalidades)
2000/01 – 12.05.01 – Em Esmoriz – Canedo FC – JD Carregosense 2-1
2001/02 – 02.06.02 – Em Oliveira de Azemeis – AD Oiã – Fiães SC 1-0
2002/03 – 01.06.03 – Em Vale de Cambra – JA Rio Meão – AD Valonguense 0-0 4-5 (g.penalidades)
2003/04 – 23.05.04 – Em Oliveira do Bairro – AC Cucujães – AD Valonguense 0-3
2004/05 – 05.06.05 – Em Aveiro – CD Paços Brandão – LAAC 1-1 5-4 (g.penalidades)
2005/06 – 03.06.06 – Em Estarreja – AD Oiã – JD Carregosense 4-4 8-9 (g.penalidades)
2006/07 – 03.06.07 – Em Santa Maria de Lamas – FC Arouca – SC Bustelo 0-1

52 comentários

  1. Francisco Tavares,
    Os tais resultados escandalosos da época 1986/87 foram:
    SC Bustelo- AD Sanjoanense 0-32
    CD Paços de Brandão – CD Tarei 32-0
    Confirme por favor.


  2. E, qual era a diferença em golos à partida para a última jornada.

    Nota: Se fosse um 6-0 ‘arranjado’ em cada um dos jogos passaria sem ser ELEVADO a escândalo. Quero eu dizer com isto que há por aí muitos resultados feitos por conveniência que passam sem ser punidos os intrevenientes, porque se trata de números… pequenos.

    E qual foi o castigo para o Bustelo e para o Tarei (ou Feijões)? Esses deviam ser suspendidos das competições por pelo menos uma época!
    /


    • Creio que o Tarei foi suspenso, acabando por não voltar mais ao futebol… Quanto ao Bustelo, não sei qual foi o “castigo” na altura, mas agora estão no Campeonato Nacional da Segunda Divisão (2012/13)…


  3. Para Luis da Feira,
    Este comentario sobre o processo dos 32-0, fi-lo sem base em documentação alguma mas sim com a minha memória, eu na altura tinha 17 anos e acompanhava jogos do Distrital de Aveiro, e sobre o Bustelo-Sanjoanense não tenho duvidas, agora o adversario do Paços de Brandão penso que será Grupo Desportivo de Fajões mas não vou jurar!
    Para o Dingo,
    Primeiro acho que não se deve gozar com os nomes dos clubes, essa dos “Feijões” não é uma observação correta.
    A Sanjoanense tinha uma desvantagem de onze golos, e o resultado já ia em 17-0 em Bustelo, a noticia chegou ao jogo do Paços de Brandão e este começou a marcar golos em todas as jogadas.


    • O jogo foi entre o Paços de Brandão e o Clube Desportivo de Tarei. Nesse ano, foram despromovidas as equipas do Paços de Brandão e Sanjoanense, o Tarei e o Bustelo, mantiveram-se na mesma divisão, por força da despromoção coerciva das outras duas equipas.
      Mais uma curiosidade, o jogo entre a Sanjoanense e o Bustelo estava 17-0 ao fim dos 90 minutos, então, como a Sanjoanense necessitava de marcar mais golos, o encontro teve a duração de 108 minutos, sendo o resultado final, 32-0.


  4. O que aconteceu ao Bustelo e Fajões não sei, mas penso que também desceram de divisão.


  5. Luís da Feira,

    Não tentei escrever o nome de Fajões incorrectamente, pode crer! Já vi esse nome muitas vezes e nem sequer prestei atenção que era “Fajões” e não “Feijões”! Sempre que li “Fajões”, pensei ter lido “Feijões”! Lapso na minha leitura.

    Peço desculpas a alguém que poderei ter ofendido. Não tive tal intenção.

    Dingo

    PS: De que localidade é esse clube de nome Fajões?
    .


  6. Se pensarmos bem, são mais culpados os clubes que se deixaram golear do que os clubes que golearam.

    Quando se entra em campo, entra-se para marcar o maior número de golos possível, não é? Se o adversário desguarneceu as suas balizas, isso aí é que é o problema.

    Claro que teve que haver contrapartidas monetárias envolvidas! Desvendou-se algo? Também, este ano é o vigésimo aniversário de tão ESTRANHO acontecimento.


    • Nessa altura, o meu pai era da direcção do Tarei e conta que, quando toda a equipa e direcção se encontravam nos balneares, entraram dirigentes do Paços e um deles era portador de uma arma de fogo e disseram para o Tarei deixar rolar o barco, para ninguém se aleijar. Segundo o testemunho do meu pai, nesse dia, até um GNR marcou um golo. Conta que, a bola ia a sair junto ao poste da baliza e que um GNR que ali se encontrava, tratou de a encaminhar para o interior da baliza. 😀
      Era através dos rádio dos Militares da Guarda que, se iam dando e recebendo informações sobre o outro jogo.
      Para finalizar, na data dos factos, o presidente da Associação de Futebol de Aveiro, era Gilberto Madaíl, conhecido de todos nós…


  7. vila de fajoes fica na estrada de s.joao da madeira para arouca


  8. O Grupo Desportivo de Fajões é uma localidade no concelho de Oliveira de Azemeis.


  9. Francisco Tavares:
    Está aqui um bom trabalho sobre os Distritais de Aveiro.
    No entanto confirmo que o adversário do Paços de Brandão foi mesmo o Clube Desportivo de Tarei, um lugar que pertence a duas freguesias, Souto e Travanca, do concelho de Santa Maria da Feira.
    O C.D.Tarei em consequência do resultado de 32-0 retirou-se das competições oficiais.


    • O Tarei competiu mais um ano e não foi por causa dos 32 que se abandonou. O Abandono deu-se por questões financeiras.


  10. Creio que o Distrital da II Divisão de Aveiro já se realizava anteriormente a 1953/54, no entanto a A.F.A. só disponibiliza ou só tem arquivos a partir da época de 1953/54.
    Tenho registos da II Distrital da época de 1935/36. Aqui fica a classificação no final da 1ªvolta: S.U.D. Paços Brandão 14 pontos, Beira Mar 11, União Lamas 10, Império Anta 9, Estrela Ovar 9 e Feirense 7 pontos. A S.U.D. de Paços de Brandão presume-se que venceu o campeonato, já que na época seguinte apareceu a competir na I Divisão Distrital de Aveiro, juntando-se ao seu rival Paços de Brandão F. C. e ainda às equipas da Sanjoanense, Sp. Espinho, Ovarense e Oliveirense.
    É um “caso” para confirmar.


  11. II Divisão Distrital de Aveiro 1939/40, Equipas participantes (tenho registos de jornais antigos da Feira):
    União de Lamas (campeão), Águeda, Cesarense, Feirense, Bustelo e Vista Alegre.


  12. II Divisão Distrital de Aveiro 1940/41, Equipas participantes:
    Oliveirense (campeão), Feirense, Vista Alegre, Bustelo, Cesarense e Valecambrense.


  13. Na época de 1941/42, o Feirense participou novamente no campeonato da II Divisão Distrital de Aveiro, juntamente com as equipas do Vista Alegre, S.U.D. de Paços de Brandão, Bustelo, Valecambrense e Cesarense. Não foi possível apurar qualquer resultado deste campeonato nem a classificação.


  14. Na época de 1946/47, o Feirense participou na II Divisão Distrital de Aveiro, juntamente com as equipas do Recreio de Águeda, Escola Livre, Vista Alegre, Lusitânia de Lourosa, Alba, Cucujães e Valecambrense.


  15. Época 1947/48, a classificação final da II Divisão Distrital foi a seguinte:
    1º Avanca, 2º Águeda, 3º Cucujães, 4º Estarreja, 5º Vista Alegre, 6º Escola Livre, 7º Valecambrense e em 8º lugar o Feirense.
    Foram despromovidos para o Campeonato da Promoção, o Feirense e o Valecambrense. O Avanca, vencedor do campeonato, disputou e venceu os Jogos de Passagem disputados com o União de Lamas, o último da I Divisão Distrital.


  16. O Campeonato da II Divisão Distrital de Aveiro da época de 1949/50 teve início em 5 de Fevereiro de 1950, com a participação de cinco equipas: Feirense, Cucujães, Escola Livre, C.D.Branca e o Arrifanense. Não foi possível apurar a classificação final do campeonato.


  17. Época 1951/52, III Divisão Distrital de Aveiro:
    Classificação final: Pejão 30 pontos, Arrifanense 30, Feirense 29, Avanca 24, Mealhada 24, Fermentelos 18 e Pampilhosa 13 pontos.
    O Pejão ficou apurado para os Jogos de Passagem, tendo defrontado o Estarreja, o último classificado da II Divisão Distrital. Só ao quarto jogo o Pejão confirmou a subida de divisão ao vencer o Estarreja por 3-0.


  18. Na época de 1952/53, II Divisão Distrital de Aveiro, que teve o seu início em 20 de Dezembro de 1952.
    Classificação Final: União de Lamas 37 pontos, Lusitânia de Lourosa 31, Feirense 30, Arrifanense 28, Pejão 28, Bustos 26, Cucujães 25 e Estarreja 19 pontos.
    O União de Lamas ficou apurado para os Jogos de Passagem a disputar com o Águeda. A equipa de Lamas venceu o jogo decisivo por 3-2 e subiu de divisão.


  19. Curiosidade:
    O Lusitânia de Lourosa foi Campeão Distrital da I Divisão em 1964/65 e Campeão Distrital da II Divisão em 1965/66. Estranho. Pois é, parece que o Lourosa foi campeão da I Distrital e foi despromovido na época seguinte, ao que parece por causa das medidas do seu campo.


  20. Baú das Antiguidades das competições da Associação de Futebol de Aveiro:
    No jornal “Correio da Feira”, de 14 de Fevereiro de 1925, publica-se os resultados de uma jornada do primeiro campeonato da I Divisão Distrital. Resultados:
    Bustelo – Sp. Oliveira Azeméis 2-1,
    Sp. Espinho – Cucujães 5-0,
    Sp. Espinho (2as.categorias) – Paços de Brandão 2-0,
    Beira Mar – Galitos 2-0,
    Ovarense – Anadia (adiado).


  21. Tenho também notícias, do arquivo de alguns jornais da Feira, do seguinte:
    Época de 1931/32, Campeonato da Promoção de Aveiro, equivalente à III Divisão Distrital, equipas participantes numa das zonas:
    CD Feirense, FC Cortegaça, Cruz de Cristo de Espinho, SC Silvalde, Esmoriz, Oliveirense e Aliança de Ovar.

    Na época de 1937/38, Final do Campeonato da Promoção de Aveiro disputada entre o Feirense e o Recreio de Águeda, jogos realizados em Junho de 1938. No jogo da 1ª mão, o Feirense foi derrotado em casa por 3-2 e no jogo da 2ª mão foi novamente derrotado, desta vez por 7-1 em Águeda, conquistando esta equipa o título de vencedor do Campeonato da Promoção.

    A época de 1945/46 foi curiosa a nível oficial. O Feirense venceu a Zona Norte do Campeonato da Promoção por não ter adversários. O Mamarrosa venceu a Zona Sul, da qual também faziam parte os Azuis de Bustos e o Estarreja.
    Na final, a duas mãos, o Feirense encontrou a equipa do Mamarrosa. No jogo da primeira mão, realizado no campo do Mamarrosa, registou-se um empate 1-1, num jogo disputado com dureza excessiva pelos locais. O golo do Feirense foi marcado por Coimbra. Para o jogo da segunda mão, realizado no início de Maio de 1946, o Campo do Montinho registava uma grande assistência que aguardava impacientemente o início do jogo. No entanto, o Mamarrosa não compareceria ao jogo. Assim, a equipa do Feirense entrou em campo, assim como o juiz de campo e os seus auxiliares, cumprindo as formalidades e o Feirense foi declarado o vencedor do encontro pelo juiz da partida e também o vencedor do Campeonato da Promoção de Aveiro da época de 1945/46. Foi a primeira vitória do Feirense em campeonatos a nível oficial. Faziam parte desta equipa os jogadores Reinaldo, Zinho, Balbino, Manageira, Zeca, Marques, Coimbra, Beta, Pinto de Lima, Teixeira e Almeida.

    Final do Campeonato da Promoção de Aveiro, época 1950/51:
    O Mealhada foi o adversário do Feirense da final disputada em Fevereiro de 1951 a duas mãos. No primeiro jogo o Feirense vencia por 1-0 na Mealhada, quando o jogo foi interrompido ao intervalo devido ao mau tempo. Na repetição do jogo, o Feirense foi derrotado por 5-2. No jogo da segunda mão, no Campo do Montinho, o Feirense venceu por 2-1 ao Mealhada, mas não foi resultado suficiente, tendo o Mealhada se sagrado o vencedor do Campeonato da Promoção.


  22. Como referi num comentario anterior o relato do acontecimento dos 32-0 eram dados que tinha de memoria, pelo facto peço desculpa publicamente especialmente aos adeptos do Grupo Desportivo de Fajões ao estar a inclui-los neste escandalo.


  23. Só a nivel de curiosidade, a A.F.Aveiro foi fundada em 22 de Setembro de 1924 pelos clubes:
    Associação Desportiva Ovarense
    Associação Desportiva Sanjoanense
    Clube dos Galitos (Aveiro)
    Fogueirense Foot Ball Clube
    Paços de Brandão Foot Ball Clube
    Sociedade Recreio Artístico (Aveiro)
    Sport Clube Anadia
    Sport Clube Beira Mar
    Sporting Clube Bustelo
    Sporting Clube Espinho
    Sporting Clube Oliveirense
    União Desportiva Oliveirense


  24. O 1º campeonato foi disputado na época de 1924-25 por 5 clubes, tendo sido ganho pelo Espinho.
    Em paralelo e devido ao adiantado da época, disputou-se um campeonato de iniciação, no qual participaram o Anadia, Ovarense, Sp. Oliveirense, Oliveirense, Sanjoanense e Bustelo.


  25. Baú das Antiguidades das competições da Associação de Futebol de Aveiro:
    Do antigo jornal “Tradição”, da Vila da Feira, em 1932, publica-se os resultados da 1ª jornada de um dos primeiros “Campeonato da Promoção de Aveiro”, a última divisão distrital, época de 1932/33:
    Série A:
    Cortegaça F.C. – S.D.Guetinense 0-4
    Sp.C.Silvalde – Aliança F.C. de Ovar 5-2
    Folgou o Cruz de Cristo de Espinho.
    Série B:
    S.C.Bustelo – Lusitânia de Lourosa 2-1
    C.D.Feirense – União de Lamas 3-1
    Folgou o Mocidade de Oleiros.


  26. Na época de 1948/49, Campeões Distritais de Aveiro:
    I Divisão – S.C.Beira Mar
    II Divisão – C.D.Estarreja
    Promoção – U.D.Bustos.


  27. […] Os Arquivos feitos pelos seus Leitores (XI) Agosto 18th, 2007 Como complemento à lista de campeões distritais da A. F. Aveiro, o leitor Francisco Tavares envia-nos as respectivas […]


  28. BOA NOITE!

    ESTOU A PROCURA DE UM AMIGO, QUE JOGOU NO SÃO ROQUE(PERTO DE o. DE AZEMEIS), SEU NOME É VALDIR, MAS É CONHECIDO COMO “CARECA”, SEI QUE AINDA MORA EM SÃO ROQUE, É CASADO COM UMA MOÇA CHAMADA “SÃO” E UMA FILHA DE NOME “BIBIANA”.
    GOSTARIA MUITO DE ENTRAR EM CONTADO COM ELE, SE TIVER EMAIL FICARIA MAIS FACIL, POIS MORO NO BRASIL.

    ATENCIOSAMENTE

    SEVERO CAPIOTTI


  29. Boas ppl,
    Sobre a dita historia dos 32-0, o SC Bustelo, tambem desceu de divisão com a AD Sanjoanense, CD Paços de Brandão e o CD Tarei, este ultimo desistiu, o SC Bustelo, voltou a subir na epoca seguinte com a AD Sanjoanense.

    O SC Bustelo é dos clubes mais antigo ou o mais antigo clube em actividade.

    Proximo dia 30-03-08, vai ser realizada a 1ª SUPER – TAÇA da AF Aveiro

    FC Arouca(Campeão da 1ªdiv.AFA 2006/2007)
    vs
    SC Bustelo(Vencedor da Taça da AFA 2006/2007)


  30. Arquivistas, creio que há aqui alguma confusão de dados, e gostava de a exclarecer:

    Vi aqui que começou a disputar-se, em 1953, o campeonato da segunda divisão distrital de Aveiro, informação que, segundo o Almanaque Desportivo do Distrito de Aveiro, datado de 1950, está errada uma vez que, o mesmo livro, inclui os resultados e as classificações da época 1948, da primeira e segunda divisões e também da divisão de promoção, equivalente à terceira divisão.

    Terei lido mal aqui alguma informação?

    Forte abraço,

    Carlos Bonaparte


  31. Ao ler os comentários todos, já vi que estou certo e que a informação inicial do post estava errada, mas que entretanto foi corrigida.

    Gostaria de saber se alguém tem classificações da primeira distrital de Aveiro até à época de 1948-1949. É quase uma loucura perguntar isto, mas pode ser que sim…

    Já agora, alguém sabe o contato com nosso amigo Luís da Feira?
    Creio… um entendido no futebol distrital de Aveiro, e gostava de trocar algumas informações com ele… mas entretanto nunca mais o vi por aqui.

    Abraço a todos,

    Carlos Bonaparte


  32. Olá Carlos Bonaparte.
    Cá estou eu. Tenho alguns elementos do Distritais de Aveiro antigo devido a pesquisas que fiz do C.D. Feirense.
    Diga o que pretende ou dia o seu e-mail.
    Um abraço.


  33. Luís da Feira:

    Entretanto arranjaram-e o seu contato, espero não haver problema… escrevi-lhe um e-mail.

    Se não recebeu nenhum e-mail com o assunto Futebol em Portugal diga-me…

    Forte abraço,

    Carlos Bonaparte


  34. Arquivistas, publiquei hoje o histórico de vencedores do distrito do Algarve no site:
    http://FutebolemPortugal.do.sapo.pt/Distritais/Algarve/Hist.htm

    Não publiquei aqui como previsto porque tive de que recorrer a mais que uma lista, tinha aqui 3, duas forma-me enviadas, outra já eu tinha, mas no fundo fui juntar dados e pôr já tudo no código.
    Espero que ninguém leve a mal… de todas formas estão lá.
    Não estão completas, faltam-me laguns vencedores, se alguém quiser dar uma ajuda…

    Forte abraço,

    Carlos Bonaparte


  35. boas,
    Ainda sobre a história dos 32-0, vi esse jogo em P.Brandão e aquilo foi tudo estranho.
    Ao intervalo o Paços vencia por 5-0 o Tarei num jogo limpo, já que se sabia que o Tarei ia desistir no fim daquela época e o empenho dos seus jogadores foi quase nulo, depois veio a notícia que em Bustelo a Sanjoanense vencia por 14-0, na altura o Paços e a Sanjoanense estavam em igualdade pontual, mas o Paços tinha vantagem nos golos (6 ou 7). Depois foram golos em catadupa, chegando ao extremo do guarda-redes do Tarei ir buscar a bola ao fundo da baliza e rapidamente pontapeava-a para o meio campo para ser mais rápido o Paços voltar a marcar, enfim… uma vergonha! Alguns jogadores do Tarei que não pretenderam alinhar naquilo, foram substituidos, o árbitro não interferiu em nada e na minha opinião o que aconteceu foi que com os ouvidos em Bustelo, os dirigentes do Paços terão ameaçado e pressionado os jogadores do Tarei a colaborar, não p+enso que tenha havido corrupção, mas sim coacção.Na altura desceram o Paços, a Sanjoanense, O Bustelo e o Cortegaça, O Tarei foi despromovido, mas desistiu do futebol.
    O Cortegaça aparece aqui pelo facto de ter facilitado a vitória do Bustelo no jogo anterior, de modo a que o Bustelo ficasse livre da despromoção. No jogo seguinte foi o Bustelo a facilitar a Sanjoanense, a ideia não seriam os 32-0, mas depois tudo se descontrolar a partir do momento que em Paços começaram a acontecer os golos. Claro está que quem arranjou todo este caldo foi a Sanjoanenese. O Mais estranho é que nesse mesmo ano acabou por subir o Esmoriz que tinha ficado em terceiro lugar, para cúmulo se o Paços de Brandão e o Sanjoanense não tivessem provocado esta situação bem à moda Siciliana teriam subido os dois, já que na época seguinte houve um alargamento nos Nacionais, que permitia à AFA colocar mais um clube na terceira divisão Nacional.
    Só por curiosidade em Paços chegou a fazer-se o jogo da imposição de faixas de campeão da I Divisão distrital da AFA, o Paços venceu um misto da 1ª Divisão Nacional da altura por 1-0.


    • Atenção…subiram dois porque havia a Zona Norte e a Zona sul


  36. Que grande confusão meu deus… também se fazia disto em Aveiro, eu a pensar que era só entre Sporting Porto e Benfica =P

    Ó meu deus… mas são estas histórias que ao fim de uns anos até é giro de recordar =)

    Abraços,
    Carlos Bonaparte


  37. 1987-88
    A sanjoanense militava na II Div Distrital em virtude dos 32-0(castigo do CD) como atrás está descrito. Pois está claro que o clube era forte demais para a divisão em que se encontrava

    Univ Aveiro 9-0
    Soutense 11-0
    Beira vouga 6-0 e 4-1
    Real Nogueirense 12-0 e 5-0
    eixense 5-0
    bom sucesso 8-0
    Gafanha 15-0 e 10-0

    Foi a degola

    Creio que depois na fase de campeão jogaria com:

    Fogueira 11-0 2-0
    P Brandão (mea culpa) 4-0 e 2-2


  38. Na época de mil novecentos e trinta e cinco e trinta e seis o F.C.Cesarense foi campeão com muito brilho do campeonato da promoção de Aveiro.Não haverá confusão com a Ovarense?


  39. O Campeonato da Promoção de Aveiro era o equivalente à III Divisão Ditrital. Daí em 1935/36 a A.D.Ovarense ser campeã da I Distrital e o Cesarense da Promoção.


  40. Não vou deixar uma resposta mas sim informar que no Campeonato Distrital de Futebol da II Divisão de Aveiro Época de 1949/1950 havia Zona Norte e Zona Sul. Na Zona Norte jogaram Feirense, Arrifanense, Cucujães, Escola Livre e Clube Desportivo da Branca; Zona Sul: União de Bustos, Marinha Velha, Vilarinho do Bairro, F. C. de Aveiro, Mealhada e Mourisquense
    Vencedor: Zona norte – Cucujães; Zona Sul – Bustos. Jogo em duas mãos 1ª. mão Cucujães, 4 – Bustos, 1 ; 2ª. mão Bustos,2 – Cucujães, 1. Campeão: Cucujães. Baixaram para a promoção na Zona Norte: Feirense e C. D. da Branca. Na Zona Sul:Vilarinho do Bairro e Marinha Velha. Tenho também o resultado de todas as jornadas, classificações intermédias e a classificação final.
    Já vi muitas imprecisões. Tenho de fazer mais investigações porque, não sei se nesta época terá sido interrompido o Campeonato Promocionário e na sequência disso é que terão organizado estas duas zonas com equipas com um diferencial futebolistico inferior em relação umas às outras devido a alguns resultados serem de grandes goleadas.
    A fonte: Jornal Correio do Vouga – página Desportiva (Órgão Oficial da Diocese de Aveiro).
    Já vi noutras fontes que disputaram a Promoção de 1950/1951,
    o Feirense, Pejão, Arrifanense e Clube Desportivo da Branca (Zona norte), Sendo a final disputada com o vencedor da Zona Sul, na circunstância o Mealhada. Sendo o resultado da 1ª. mão
    Mealhada, 5 / Feirense, 1; 2ª. mão Feirense, 2/ Mealhada, 1
    Campeão o Mealhada. Mas há versões nesta altura diferenciadas, pelo que isto terá sido o tal campeonato promocionário que terá sido suspenso e terá dado origem ao distrital de 1949/1950 que terá começado a 5 de Fevereiro de 1050.
    Vou continuar as minhas pesquisas em jornais da época para ter certezas, até porque sou da Branca e ando a preparar o terreno para fazer a História do futebol da minha freguesia. Sou licenciado na área de história (variante da arte) carreira de investigação e colaborador de jornais.
    Saudações,
    Alírio Silva


  41. Boa tarde Alírio Silva.
    Pode-me fornecer todos os dados relativos ao Feirense da época 1949/50? Obrigado.
    Luís.


  42. Também tenho informações de alguns jogos realizados no início de 1950 do C.D. Branca com o meu C.D.Feirense.


  43. Algumas pessoas se sentirão mais chocadas pelos comerciais de imagens fortes, como os da TAC outras reagirão melhor a algo mais sens vel, como este último.


  44. Em 198


  45. Em relação a epóca 1987/88, recordo-me do jogo entre a Sanjoanense 11 Soutense 0. Havia da parte dos responsáveis da Sanjoanense uma vontade louca de se vingar do empate concedido no jogo da 1ª volta, em São Miguel de Souto. Chegaram ao ponto, de barricar dois dirigentes do Soutense no balneário.
    Durante a semana que antecedeu o jogo, nós em São Miguel de Souto, tinhamos conhecimento, que algo de estranho se iria passar e que o objectivo da sanjoanense era mesmo golear, o que não seria dificil, dada diferença qualitativa entre as duas equipas.
    Por esse motivo, o Soutense apresentou-se naquele jogo, apenas com os 11 jogadores de campo. Entretanto, passados uns minutos, viram-se reduzidos a 8 unidades, devido à lesões e uma explusão. Na segunda parte, outro jogador do Soutense se lesionou (ou se fez lesionado), e aí os adeptos da casa entraram em cena, não concedendo a saida desse jogador, para que não termina-se aí a partida, tendo o jogador regressado ao terreno e jogado o tempo que restava para terminar a partida.
    De facto, a passagem da Sanjoanense pela Distrital durante a década de 80, foi fértil em acontecimentos bizarros.


    • cheira-me a exagero


  46. Gostava que me ajudassem a elaborar uma lista de jogadores portugueses que jogaram no estrangeiro durante as décadas de 70 e 80 mas que em Portugal nunca fizeram grandes carreiras, estou a fazer um levantamento de dados e vou deixar alguns:

    Valter Ferreira (Jogou em França, Holanda e Bélgica na década de 70, em Portugal jogou por exemplo no Belenenses, Portimonense, Estrela da Amadora, etc)

    Quinito (Jogou em Espanha na década de 70, em Portugal jogou por exemplo no Belenenses, Braga, etc)

    Bolota (Jogou no Canadá e nos Estados Unidos na década de 70, em Portugal jogou por exemplo no União de Tomar, Montijo, Juventude de Évora, etc)

    Norton de Matos (Jogou na Bélgica na década de 70, em Portugal jogou por exemplo no Belenenses, Portimonense, etc)

    Lito (Jogou no Brasil na década de 70, em Portugal jogou por exemplo no Sporting, Braga, etc)

    Aparício (Jogou em França nas décadas de 70 e 80, em Portugal jogou por exemplo no Setúbal, Nacional, Leixões, etc)

    Sobrinho (Jogou em França na década de 80, em Portugal jogou por exemplo no Setúbal, Belenenses, etc)

    Jorge Plácido (Jogou em França nas décadas de 80 e 90, em Portugal jogou por exemplo, no Amora, Chaves, Porto, Sporting, etc)

    David Nascimento “Dadá” (Jogou na Holanda na década de 90, apesar de ter sido já na década de 90 decidi inclui-lo neste lote porque nos campeonatos portugueses apareceu ainda durante a década de 80, jogando por exemplo no Barreirense, Setúbal, Benfica e Castelo Branco, etc)

    Quim Machado que apareceu também na década de 80 no Tirsense e teve uma carreira longa em Portugal mas foi terminar no Luxemburgo ao serviço do Dudelange e já com 36 anos.

    Ferrajota, defesa direito que também apareceu na década de 80 no Esperança de Lagos e mais tarde no Lusitano VRSA, Rio Ave, etc, terminando a carreira também no Luxemburgo.

    Crisanto, também defesa direito que aparece na década de 80 ao serviço do Setúbal, terminando a carreira no campeonato marroquino já em plena década de 90

    Obrigado



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: